segunda-feira, 28 de setembro de 2015

ELA | Julia Borges

Quantas vezes te falei que te amo? Nenhuma. Sabe por que? Por que sei que nossa amizade irá acabar por causa de uma simples coisa.
As vezes paro e penso, será que fiz a escolha certa? Te amo a tanto tempo e você me considera uma irmã. Quando damos as mãos, me sinto nas nuvens. Chego em casa e me lembro dela. Que você gosta dela. Que nunca vou ter chance com ela. E que ela é seu mundo. Que, eu, sou uma idiota. Por que? Por que eu te amo! Você se esquece que existo perto dela. Você prefere ela. Você ficaria com ela e me ignoraria pro resto da vida se precisasse, Cara, eu não consigo viver um dia da semana sem pensar em você. Pensa em mim.

Postar um comentário